Páginas

domingo, 28 de agosto de 2011

Respondendo às críticas!


Sei que não devo satisfações do que eu escrevo aqui no blog pra ninguém, mas como o último post causou tanta polêmica, o que eu tenho a dizer é:
Eu fico abismada com a ignorância das pessoas, que não sabem interpretar uma frase, e olha que eu escrevi da forma coloquial, simples, para que todos pudessem entender, mas nem assim... O pior são as pessoas que têm curso superior, todas cheias de querer ser inteligentes, se julgando melhores que as outras, e não sabem interpretar o que eu digo.
Então, contra a minha vontade, mas para que fique claro aos ignorantes, irei explicar tudinho, pra ver se dessa vez me compreendem.
Minha vontade é de usar palavras bem mais pesadas, mas não vou usar em respeito ao meu filho, afinal, criei esse blog pra ele, não para ficar falando mal das pessoas, nem palavrões, porque meu filho um dia vai ler o blog, e como quero dar uma boa educação a ele, não vou querer que ele aprenda pelas minhas palavras o que é um palavrão, e muito menos a falar mal dos outros( só de quem merece, kkkk) o que é muito feio, viu filhão!!!

Bom, sobre as papinhas da Nestlé: no post anterior eu disse que por enquanto não darei ao Samuel, pois a pediatra disse pra eu dar só em último caso. Mas as pessoas -que precisam comprar uma Gramática urgente- entenderam que eu disse: "Nunca vou dar papinhas da Nestlé ao Samuel, as papinhas da Nestlé são horríveis, nunca dêem aos seus filhos porque eles não podem comer!!"
 É claro que em último caso eu vou dar sim, e não julguei ninguém que já dá, ou julguei? Se eu julguei, me apontem onde eu disse isso, por favor!!

Sobre as tais mães sem noção, acredito sim que existam muitas delas por ai, até mesmo aqui nesse mundo "bloguístico", lógico, senão a minha postagem não teria finalidade alguma né.
O que eu quis dizer e afirmar, é que as pessoas geralmente acham que nada vai fazer mal ao seu filho, afinal, "eu comi terra  quando era pequena e não morri"... Tem dessas, não tem?!?! Só que não é bem assim. Não é preciso ser médica para saber disso, alguns alimentos fazem sim, muito mal, principalmente às crianças pequenas como as nossas. Só que EU não estou aqui pra falar o que o SEU filho deve comer ou não, o filho é seu, se você quiser dar refrigerante ou feijoda pra ele (alimentos perfeitos para o meu exemplo, obrigada, Iara) fique a vontade.
Se bem me lembro, no outro post eu não mencionei: "Fulana, você tá cuidando errado do seu filho, não é assim que se cuida de um bebê!", eu somente coloquei a minha posição em relação a esse assunto, (explicando pela segunda vez) que muitas mães dão vários alimentos aos seus filhos e esses podem fazer mal.
Agora, àquelas que me criticaram via blog ou facebook, espero que tenham finalmente entendido, que tenha ficado bem claro que eu não quero me intrometer na vida de ninguém, muito menos na alimentação dos seus filhos. Mas a minha opinião eu não posso deixar de dar, somente porque existem algumas mães que dão papinhas Nestlé, bolachas, feijão ou sei lá mais o que para seus bebês e acham que eu estou mandando "indiretas".
Eu não sou médica, não sou melhor nem pior do que ninguém, e NUNCA DISSE PRA NINGUÉM QUE EU SEI EXATAMENTE COMO SE CUIDA DE UM BEBÊ, mesmo porque sou mãe de primeira viagem, assim como muitas que lêem o meu blog, posso acertar  e também posso errar muito na criação do Samuel, mas isso só diz respeito a mim, assim como a vida e criação de cada bebê das mãezinhas que me seguem só dizem  respeito a elas.
Espero que tenham entendido de uma vez por todas a minha posição, pois estou considerando por encerrado esse assunto.

Ah, e também não questionei se o "seu" pediatra e pior ou melhor do que o "meu". Quem não sabe que cada pediatra fala uma coisa?!?!?  Mas ahhhhhhh, cansei mesmo desse assunto. Já deu!!!

Espero nunca mais ter que colocar no meu blog um título como esse!


Beijos.





7 comentários:

Jαqυє ∂α Júℓiα *•.✿ disse...

Dani amiga Querida pra mim ficou super claro o que vc disse, e olha que não sou formada viu, sou um ignorantona mesmo, que escreve tudo errado! brincadeirinha viu, mais com um fundo de verdade né não?!kkkk

repito o que lhe disse por msn , isso de pediatra é muito relativo mesmo, cada um tem uma opinião e critério,você sabe muito bem disso.
E cada mãe criar e educar seus filhos, de acordo a crianção que teve, personalidade, conceitos e por ai vai ... a lista é grande!kkk

Me desculpe se em algum momento fui ríspida com vc, se me expressei mal, aquele dia estava fora de mim, por outros motivos, vc sabe quais né?! rs
acho que acabei descontando em você... mil perdões!
intendi perfeitamente o que vc quis dizer, eu já dei e vou continua dando papinhas Nestlé pra Júlia quando sair e as vezes em casa tb!

Não fica brava comigo, eu te adoro, pensamos diferente, somos muito diferente, mais ambas somos muito sinceras e falamos o que pensamos sempre, independente de qualquer coisa! isso é bom e ruim não é mesmo?! rs

beijinhos nossos ... e fica tranquila!

Edna Fernandes disse...

Dani, eu não sou contra e nem a favor, como vc mesmo disse cada mãe é responsável por seu filho, minha irmã sempre entupiu meu sobrinho de papinhas nestlé, cada uma faz como acha melhor pro seu filho, eu procuro seguir a minha intuição de mãe o meu bom senso e o que o pediatra diz, ele prefere que eu só de as papinhas prontas em ultimo caso ( na rua ou quando nem tiver como dar uma fruta ou o almoço dele) por enquanto ainda não dei, por coincidência estava falando que precisava comprar e ver se o Pedro ia gostar pra caso tivesse uma emergência eu tivesse essa opção pra ele comer.
Acho muito complicado ficar criticando as atitudes dos outros, pois da mesma maneira que não concordamos com alguma coisa que as outras pessoas fazem, as outras pessoas tb não concordam com coisas que nós fazemos.
Fica tranquila viu.
bjs

Iara disse...

Filhos filhos, rs,
eles vêm sem manual instruções!
As orientações de um bom pediatra e uma mãe com bom senso dão conta de criar um bebê saudável e feliz, mas a troca de experiências entre mamães é muito legal, os bons conselhos tb não podem ser descartados, mas todo o resto é "balela".
Há quem queira sim dar feijoada ao bebê, rs, já outros preferem fazer papinhas leves para serem servidas na hora do preparo.
Mas não há receita pronta! Então, cada um faça o que lhê dê na telha com seu filho, rs.
Dani, vc foi muito clara, expressou sua opinião mas não quis ditar regras ou leis sobre o que pode e o que não pode oferecer aos bebês.
Mas não esqueça, por inocente que seja uma escrita, ela traz múltiplas interpretações e ainda tem as pessoas que dizem que as entrelinhas existem e insistem em lê-las.
Um beijo,
Iara

Angi disse...

Oi Dani,
li agora seu último post!
sei lá, nesse mundo virtual, muitas vezes, parece que não podemos falar o que pensamos, que sempre tem alguém para criticar!
Não dê bola, e outra, cada mãe cuida do seu filho como achar ser melhor, eu não sou adepta das papinhas nestle, mas tenho amigas que não vivem sem!
beijos

Glauh Pima disse...

Dani nessa blogsfera as coisas tomam uma proporção incrivel né...bom só passei pra dar um oi to na correria com Soso...bjuss

Aline Mamãe da Malu disse...

Oi Dani... Morri de rir, pois não acredito que interpretaram dessa forma seu post... Meu Deus existe todo tipo de gente...
Assim como vc por enquanto penso em não dar papinha nestlé..Mas sabe-se lá o dia de amanhã...
é um saco isso, até virtualmente tem as pessoas que cuidam da vida, criticam e se doem por qualquer coisa...
Não liga não, foi o que a Jaque disse, cada mamãe tem um jeito de cuidar, educar, somos mamães de primeira viagem e fazemos o que achamos certo... Eu apesar de não ter experiência faço pela Malu o que será melhor para ela, o que ´pode não ser melhor para outro bebê...
Nossa feijoada?! kkkkkkkkkkkkkkk
Imagino que tenha mãe que dê mesmo...Mas cada um com suas loucuras...
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
bjs Dani, deixa eu correr que a Malu acordou...rs

Bem Mãezinha disse...

Dani!!!
O problema é que muita gente lê os blogs e acha de enfiar o bedelho onde não deve. Se cada um lesse sem essa finalidade, tu não estarias tendo que escrever um post assim, não é?!?!?! Mas, como essas criaturas existem.... :-((
Te preocupa com o Samuel e continua firme nas tuas convicções. E coloca tua opinião sim. Afinal, esse espaço e o filho são teus!!!!
Beijosss

Postar um comentário

Não vá embora sem antes postar um comentário!!!